Executivo da Yoki foi decapitado ainda vivo, suspeita polícia

15 06 2012

O DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa), da Polícia Civil, investiga se o executivo Marcos Matsunaga, 42, foi decapitado pela mulher, Elize Matsunaga, 30, quando ainda agonizava após ter sido baleado por ela com um tiro de pistola 380 na cabeça. No laudo necroscópico sobre a morte do executivo consta como causa da morte o seguinte: “choque traumático (traumatismo craniano) associado a asfixia respiratória por sangue aspirado devido a decapitação”. Justamente por essa suspeita, os policiais do DHPP ainda aguardam os laudos da reprodução simulada do crime para entender como Matsunaga foi morto.

Fonte: Folha.com
Por: André Caramante

Anúncios




Homem diz ter matado menino desaparecido em NY em 1979

25 05 2012


Um homem está sob custódia após ter dito que estrangulou Etan Patz(foto), menino que desapareceu em Nova York em 1979, aos seis anos. O caso provocou comoção nos Estados Unidos e ajudou a criar um movimento para busca de crianças desaparecidas em todo o país. A polícia de Nova York anunciou nesta quinta-feira que o suspeito estava sob custódia e prometeu mais informações em algumas horas. Uma autoridade ouvida pelo jornal The New York Times que não quis ser identificada disse que o homem é Pedro Hernandez, que em 1979 trabalhava em uma loja próxima à casa do menino, no bairro do Soho.

Fonte: IG
Por: ùltimo Segundo





Motorista de Lamborghini leva 71 multas por estacionamento irregular

24 05 2012

O dono de uma Lamborghini Murcielago amarela levou 71 multas por estacionamento irregular. O motorista Tayfun Ermis, de 34 anos, que ignorou os avisos de proibido estacionar, recebeu 7.160 libras em multas (R$ 22,8 mil), segundo o jornal “Daily Mail”.  A Polícia encontrou as multas amontoadas dentro porta-luvas de sua Lamborghini depois de o esportivo de luxo ser apreendido durante uma operação contra o tráfico de drogas. Ermis também dirigia pela região de Londres, na Inglaterra, com um Aston Martin e Bentley.  Os três veículos tinham um placa com a mesma identificação: “‘1TE”. Os carros de luxo foram apreendidos. O gangster Tayfun Ermis  foi condenado a dois anos de prisão por lavagem de dinheiro após agentes apreenderem uma tonelada de cocaína em um navio na costa da Espanha.

Fonte: TopNewsToday.org
Por: dailymail.co.uk

 





Com 14 condenações por dirigir bêbado, motorista volta a ser preso

21 05 2012


Com 14 condenações por dirigir bêbado, o norte-americano John Charles Howard, de 50 anos, voltou a ser preso após ser flagrado alcoolizado ao volante. Howard acabou detido após se envolver em um acidente em Overland Park, no estado do Kansas (EUA). Após a batida, ele teria ameaçado o outro condutor. Ele foi levado para a cadeia com uma fiança de US$ 100 mil, segundo a emissora ‘KCTV’.

Fonte: KCTV
Por: G1





Mortalidade do alcoolismo no Brasil é quase tão grande quanto a do crack

22 09 2011

O índice de mortalidade entre dependentes de álcool no Brasil está próximo do registrado entre usuários de crack. Pesquisa inédita feita pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) mostra que, em cinco anos, 17% dos pacientes atendidos em uma unidade de tratamento da zona sul de São Paulo morreram. “É um número altíssimo. Na Inglaterra, o índice não ultrapassa 0,5% ao ano”, diz o psiquiatra Ronaldo Laranjeira, coordenador do estudo. O trabalho, que será publicado na próxima edição da Revista Brasileira de Psiquiatria, segue uma linha de pesquisa de Laranjeira sobre morte entre dependentes de drogas. O estudo feito entre usuários de crack demonstrou que 30% morreram num período de 12 anos. “Naquela mostra, a maior parte dos pacientes morreu nos primeiros cinco anos. Podemos dizer que os índices estão bastante próximos.” O estudo sobre dependência de álcool procurou, depois de cinco anos, 232 pessoas que haviam sido atendidas num centro do Jardim Ângela, zona sul, em 2002. Desse grupo, 41 haviam morrido – 34% por causas violentas, como acidentes de carro ou homicídios. Outros 66% foram vítimas de doenças relacionadas ao alcoolismo. Veja matéria completa no estadão Foto: Internet





Anistia a bombeiros e PMs de 14 estados e do DF vai à sanção presidencial

22 09 2011

A Câmara dos Deputados aprovou na última terça-feira, 20, o Projeto de Lei 2042/11, do Senado, que concede anistia aos policiais e bombeiros militares do Rio de Janeiro, de outros 12 estados e do Distrito Federal. A matéria será enviada à sanção presidencial. Na passagem pelo Senado, Eduardo Amorim (PSC-SE) apresentou a Emenda nº 7 ao PLS para estender a anistia aos militares do Estado de Sergipe, sendo seguido por senadores dos Estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Mato Grosso, Minas Gerais, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Roraima, Rondônia, Santa Catarina, Tocantis e do Distrito Federal.  A anistia se refere aos crimes tipificados no Código Penal Militar (Decreto-lei 1.001/69) e não os definidos no Código Penal (Decreto-lei 2.848/40). Para os policiais e bombeiros militares dos Estados de Alagoas, de Minas Gerais, do Rio de Janeiro, de Rondônia e de Sergipe, a anistia abrange a participação em movimentos ocorridos desde 1º de janeiro de 1997 até a data de publicação desta nova lei. Fonte: internet e site do senador Eduardo Amorim





Dentadura perdida é principal prova de crime em cidade do interior de SP

12 08 2011

Uma prótese dentária perdida ajudou a polícia a encontrar, na quinta-feira (11), um homem acusado de roubar uma loja na cidade de Severínia (419 km de São Paulo). O crime aconteceu na semana passada, quando, segundo a polícia, o auxiliar de serviços gerais Milton Cesar de Jesus, 34, jogou no chão a vendedora Selvina Julieta Ferreira, 46, e fugiu com R$ 1.800 que estavam em sua bolsa. “Ele dispensou a bolsa sem o dinheiro numa casa abandonada e foi embora. Mas ao perceber que tinha perdido a prótese, voltou lá de madrugada, mas não a encontrou”, afirmou Alex Sandro de Oliveira, 36, soldado da PM. Um sem-teto que mora na casa viu o movimento, achou os objetos e os entregou, horas depois, ao marido da vítima, que procurava testemunhas e pistas do crime pelas imediações. Inicialmente, Milton Cesar de Jesus negou que a prótese com quatro dentes da arcada superior, encontrada numa casa abandonada, junto com a bolsa da vítima, fosse dele.
Fonte e foto: UOL